Tecnologia golpes

Tentativas de golpes do Pix têm alta de mais de 350% em abril e maio

Por Da Redação

22/06/2022 às 18:15:29 - Atualizado há

Risco em golpes envolve clonagem de cartões e abertura de contas sem autorização

O principal perigo nos golpes do Pix, de acordo com a PSafe, é que os cibercriminosos ganham acesso a uma série de dados sensíveis. Com isso, é possível clonar cartões de crédito, efetuar transações, abrir contas, assinar serviços e outras ações sem autorização. Além disso, a vítima pode ser induzida a baixar malwares, o que pode fazer com que os golpistas assumam o controle de seus dispositivos.

“No controle, eles [os criminosos] podem acessar apps de banco e realizar transações bancárias”, diz Simoni. “Temos visto ainda muitos casos de pessoas que tiveram suas redes invadidas e os golpistas, passando-se pela vítima, falsamente publicaram produtos à venda, solicitando pagamento adiantado.”

Para evitar cair nesse tipo de golpe, a PSafe recomenda que, ao fazer um Pix, os consumidores cadastrem a conta recebedora no app de seu banco para evitar movimentações para chaves seguras. Além disso, evitem clicar em links para realizar transferências e, caso precisem receber o Pix de uma pessoa desconhecida, enviem uma chave aleatória.

Crédito da imagem principal: ADVTP/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Fonte: https://olhardigital.com.br/
Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

O Santaritense Digital

© 2022 Copyright © 2021 - O Santarritense - Todos os direitos reservados
Rua José Bonifácio, 117, Centro, Santa Rita do Passa Quatro (SP)

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

O Santaritense Digital