Entretenimento G1

Johnny Depp diz que acusação de Amber Heard é 'horrível, ridícula, humilhante, absurda, dolorosa, selvagem, brutal, cruel e toda falsa'

Por Da Redação

25/05/2022 às 21:21:26 - Atualizado há

Steve Helber/Pool via Reuters

O ator Johnny Depp declarou, nesta quarta-feira (25), que foi "inimaginavelmente brutal" ouvir as acusações "ultrajantes" de violência doméstica feitas por sua ex-mulher Amber Heard durante a batalha judicial entre eles.

"Nenhum ser humano é perfeito, claro que não, nenhum de nós, mas nunca cometi agressão sexual ou abuso físico na minha vida", disse o ator de 58 anos no julgamento que está chegando ao fim após seis semanas.

No banco das testemunhas, Depp foi questionado por seus advogados sobre como foi ouvir o depoimento de Heard.

"É uma loucura ouvir as terríveis acusações de violência, de violência sexual, que ela atribui a mim", disse o astro de "Piratas do Caribe".

"Todas essas histórias ultrajantes e escandalosas de que eu fiz essas coisas...", disse ele. "Horríveis, ridículas, humilhantes, absurdas, dolorosas, selvagens, brutais de uma forma inimaginável, cruel e todas falsas", disse ele ao júri.

Semana Pop mostra 10 fatos revelados em briga judicial de Johnny Depp e Amber Heard

"Tudo falso", reiterou. O ator afirmou que ninguém "gosta de ter que se expor assim e dizer a verdade", mas que precisava enfrentar "o que carrego, sem querer, há seis anos".

Heard e Depp foram casados de 2015 a 2017. Em maio de 2016, a atriz de 36 anos obteve uma ordem de restrição contra o então marido, alegando violência doméstica.

Em novembro de 2020, o ator iniciou um processo por difamação em Londres contra o jornal britânico The Sun por chamá-lo de "espancador de esposas".

Depp, três vezes indicado ao Oscar, perdeu o caso e processou Heard por um artigo de opinião da atriz publicado no "Washington Post" em dezembro de 2018, no qual Heard se descreveu como uma "figura pública que representa o abuso doméstico".

A atriz nascida no Texas não nomeia Depp no texto, mas ele a processou por sugerir que ele era um agressor e está exigindo 50 milhões de dólares de indenização.

Heard, atriz de "Aquaman", respondeu, pedindo 100 milhões de dólares e alegando que sofreu "violência física e abuso desenfreado" nas mãos dele.

Também nesta quarta, Kate Moss negou que Depp a empurrou de escada em depoimento a favor do ator.

A juíza Penney Azcarate marcou as alegações finais do caso para esta sexta-feira.

Semana Pop mostra coadjuvantes que roubaram a cena na treta de Johnny Depp e Amber Heard
Fonte: https://g1.globo.com/
Comunicar erro
O Santarritense Digital

© 2022 Copyright © 2021 - O Santarritense - Todos os direitos reservados
Rua José Bonifácio, 117, Centro, Santa Rita do Passa Quatro (SP)

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

O Santarritense Digital