Política G1Pol

CPI da Covid: imprensa internacional destaca acusações contra Bolsonaro

Por Da Redação

27/10/2021 às 08:16:54 - Atualizado h√°

Adriano Machado/Reuters

O relatório final da CPI da Covid no Senado, aprovado na terça-feira (26) após seis meses de trabalho, ganhou destaque também na imprensa internacional.

Sites de jornais como o americano "The New York Times" e o britânico "The Guardian" e de redes de televisão como CNN mantém a notícia em suas páginas iniciais na manhã desta quarta-feira (27).

A imprensa internacional destaca principalmente o pedido de indiciamento do presidente Jair Bolsonaro, acusado de uma série de crimes na condução da crise sanitária, que contribuíram para o Brasil ter mais de 600 mil mortos pela doença.

Veja a repercussão abaixo:

VEJA TAMBÉM:

Relatório final da CPI da Covid atribui 9 crimes a Bolsonaro e pede 80 indiciamentos

Veja quais são os 9 crimes imputados a Bolsonaro e as penas previstas

Filhos do presidente, Pazuello, Luciano Hang, 'Capitã Cloroquina': confira todos os alvos e possíveis punições

'The New York Times'

CPI da Covid: imprensa internacional destaca acusações contra Bolsonaro

Reprodução/NYT

O jornal americano "The New York Times" destaca que a CPI da Covid "recomendou nove acusações criminais contra o presidente Jair Bolsonaro, incluindo 'crimes contra a humanidade', acusando Bolsonaro de permitir intencionalmente que o coronavírus se espalhasse sem controle pelo Brasil".

"Washington Post'

CPI da Covid: imprensa internacional destaca acusações contra Bolsonaro

Reprodução/Washington Post

O "The Washington Post" destaca que "um comitê do Senado brasileiro está recomendando que o presidente Jair Bolsonaro enfrente uma série de acusações criminais por ações e omissões relacionadas ao segundo maior número de mortos por Covid-19 do mundo".

O jornal americano destaca os crimes imputados a Bolsonaro — "acusações que vão de charlatanismo e incitação ao crime ao uso indevido de fundos públicos e crimes contra a humanidade" — e explica quais são os próximos passos após a aprovação do relatório final da CPI.

'Le Monde'

CPI da Covid: imprensa internacional destaca acusações contra Bolsonaro

Reprodução/Le Monde

O jornal francês "Le Monde" destaca que, além de aprovar o relatório final da CPI da Covid, os senadores da CPI da Covid querem "privar Jair Bolsonaro das redes sociais".

O jornal aponta que o documento acusa o presidente brasileiro de "'crimes contra a humanidade' por sua gestão da Covid-19" e que o YouTube suspendeu o canal de Bolsonaro porque "o presidente de extrema direita continua a transmitir 'notícias falsas'".

'The Guardian'

CPI da Covid: imprensa internacional destaca acusações contra Bolsonaro

Reprodução/The Guardian

O jornal britânico "The Guardian" destaca que o presidente brasileiro nega qualquer irregularidade e que a decisão sobre arquivar a maioria das acusações caberá ao procurador-geral da República, Augusto Aras, "um nomeado de Bolsonaro que é amplamente visto como alguém que o protege".

A reportagem também destaca que "a alegação de crimes contra a humanidade precisaria ser levada a cabo pelo Tribunal Penal Internacional".

CNN

CPI da Covid: imprensa internacional destaca acusações contra Bolsonaro

Reprodução/CNN

A rede de televisão CNN traz, junto com o texto sobre a aprovação do relatório final da CPI da Covid, uma reportagem em vídeo sobre familiares de vítimas do vírus no Brasil pedindo por Justiça.

A CNN destaca que o relatório final tem 1.288 páginas e "pede acusações contra duas empresas e 78 indivíduos, incluindo o Bolsonaro". "O relatório alega que o governo Bolsonaro permitiu que o coronavírus letal se espalhasse pelo país em uma tentativa fracassada de obter imunidade coletiva".

'Der Spiegel'

CPI da Covid: imprensa internacional destaca acusações contra Bolsonaro

Reprodução/Der Spiegel

O alemão "Der Spiegel" destaca que Bolsonaro "é considerado responsável por pelo menos nove crimes", mas que "as consequências legais são improváveis".

A reportagem diz que o procurador-geral da República, Augusto Aras, foi nomeado por Bolsonaro e "já apoiou várias vezes o presidente" e aponta também que "o início de um processo de impeachment parlamentar contra o chefe de Estado também não está à vista, pois ele tem apoio suficiente no Congresso para evitar tal processo".

Público

CPI da Covid: imprensa internacional destaca acusações contra Bolsonaro

Reprodução/Público

O jornal português "Público" destaca que o relatório final da CPI da Covid "elenca vários membros destacados do governo e do círculo próximo do presidente como responsáveis pela crise sanitária no Brasil".

"O relatório faz uma extensa análise a toda a gestão da crise sanitária pelo governo federal e mostra que Bolsonaro e os seus ministros privilegiaram uma estratégia que permitia a livre circulação do vírus pela população, de forma a evitar a paralisação da economia e medidas de confinamento", diz o texto.

A reportagem destaca também que, "por outro lado, tudo foi feito para conferir validade a medicamentos como a cloroquina para o tratamento de pessoas infectadas, apesar de a generalidade dos estudos científicos concluir pela sua ineficácia".

VÍDEOS: as últimas notícias internacionais
Fonte: http://g1.globo.com
Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

O Santaritense Digital

© 2021 Copyright © 2021 - O Santarritense - Todos os direitos reservados
Rua José Bonifácio, 117, Centro, Santa Rita do Passa Quatro (SP)

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

O Santaritense Digital