Cidades Momento Sesi/Senai

Programa especial traz representantes da Usina Santa Rita, vice-prefeito e diretores do Senai-SP

Os entrevistados comentaram sobre a nova parceria Jovem Aprendiz, com abertura de vagas para o curso de Instrumentista Montador

Por Da Redação

25/10/2021 às 10:43:05 - Atualizado há

O programa Momento Sesi/Senai da última semana foi especial e falou sobre a parceria entre a Usina Santa Rita, a Prefeitura Municipal e o Senai-SP para a realização do Jovem Aprendiz, um projeto que está com vagas abertas para o curso de Instrumentista Montador. Os detalhes para o preenchimento das vagas podem ser conferidos nesta edição do Jornal O Santarritense.

Para falar sobre a parceria e o novo curso, o Momento Sesi/Senai contou com a participação de representantes da Usina Santa Rita: o superintendente agroindustrial Fábio Pessôa Pacheco e a coordenadora de Desenvolvimento Humano e Organizacional Wanessa F. Cabral Gonçalves. Também participaram da entrevista o vice-prefeito de Santa Rita do Passa Quatro, Professor Marcio, o empresário e diretor adjunto do Depar São Carlos, Clóvis Camargo, os diretores do Senai São Carlos e Senai Sertãozinho, Marcio Marinho e Luiz Zambom Neto, e a coordenadora de relacionamento com a indústria do Senai de Sertãozinho, Marta Pavelqueires.

Marcio Marinho fez a abertura da entrevista comentando sobre a importância da parceria e da criação do curso para jovens santa-ritenses que desejam aprender uma nova profissão, ou ainda, aqueles que buscam uma melhor especialização e qualificação profissional. "É uma alegria muito grande em uma etapa muito importante desse projeto que envolve tantos atores e que vai impactar positivamente a carreira de muitos jovens", disse o diretor.

Marinho ainda lembrou que a ideia de um curso gratuito realizado pelo Senai na Usina Santa Rita, com a participação da Prefeitura Municipal, partiu de uma iniciativa do empresário Clóvis Camargo, que também é diretor adjunto do Depar São Carlos (Departamento de Ação Regional da Fiesp), que fez as ligações entre os envolvidos. A partir desse primeiro contato, começaram os planejamentos e a análise de possibilidades, que culminaram na abertura das vagas para o curso de Instrumentista Montador.

O Senai ficou responsável por ministrar as aulas com os alunos santa-ritenses que forem selecionados. Por atuar em sistema de rede, ou seja, cada unidade do Senai ministra alguns tipos de cursos específicos, as aulas do curso de Instrumentista Montador acontecerão, em parte, no Senai Sertãozinho, referência nacional na área. A Prefeitura de Santa Rita se responsabilizou pelo transporte dos alunos.

Em parte, pois o curso será dividido em três ambientes, com aulas de segundas-feiras no Senai Sertãozinho (duração: 6h/aula), atividade na cidade de Santa Rita do Passa Quatro às terças-feiras (duração: 6h/aula) e atividade na Usina Santa Rita às quartas e quintas-feiras (duração: 4h diárias).

O vice-prefeito Professor Marcio também fez as honras da abertura do programa e cumprimentou os parceiros do Senai e da Usina Santa Rita. "São pessoas que sempre estão olhando para a frente e preocupados com a evolução, que é necessária para o bem comum".

Clóvis Camargo comentou sobre a felicidade na realização do projeto. "Para nós é uma alegria muito grande estar divulgando aqui no programa esse pontapé inicial para o curso. Nós estamos conseguindo um avanço muito grande graças ao empenho e dedicação das pessoas. Graças às metas de cada instituição e de cada empresa parceira, pois, se não fosse esse esforço de querer vencer todos os desafios, nós não conseguiríamos compor essa grande parceria. Tenho certeza que os frutos virão para a cidade, para os jovens, para o crescimento da empresa e a renovação da força de trabalho com uma mão de obra qualificada. Este curso traz um horizonte muito produtivo para todos", disse o diretor adjunto do Depar São Carlos.

O diretor do Senai Sertãozinho, Luiz Zambom Neto, também se pronunciou. "É um prazer poder colaborar dentro desse projeto em parceria com o Senai São Carlos, em, com o vice-prefeito e com os parceiros da Usina Santa Rita. Estamos aqui para fazer o nosso melhor e tenho certeza que estamos em um bom caminho, traçando uma rota virtuosa". Ele parafraseou o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, lembrando de um ideal da instituição. ""Crescem as pessoas, cresce o Brasil" e este é um projeto feito a várias mãos que só vai ter sucesso se todos os envolvidos trabalharem em conjunto, por isso, a parceria é essencial e, no fundo, estamos olhando para os nossos jovens, para o futuro das nossas cidades e do nosso país. A educação transforma".

A Usina Santa Rita está com os olhares voltados para os jovens santa-ritenses e por isso, também é uma grande parceira neste novo projeto do curso de Instrumentista Montador. O superintendente agroindustrial, Fábio Pessôa Pacheco, comentou sobre a importância do projeto para a empresa e fez agradecimentos aos demais parceiros. "Agradeço a oportunidade que estamos tendo e nós da Usina Santa Rita percebemos que precisamos trabalhar em cima de três grandes pilares. O primeiro deles é a segurança, e nós estamos desenvolvendo ações dentro da empresa sobre isso. Também precisamos falar de gente, que é o que estamos fazendo hoje. É trazer para a empresa uma condição de futuro. De gente preparada, de gente formada em uma instituição como o Senai, para que a gente possa ter de fato um futuro para a empresa. E por fim, o pilar de eficiência, que nasce a partir desses dois pilares anteriores, porque se a gente tem segurança dentro da empresa e gente preparada, a eficiência vem naturalmente e é isso que nós estamos construindo dentro da Usina Santa Rita", afirmou.

"A nossa ideia é olhar não só os produtos que já produzimos, mas também olhar para novas possibilidades e, dentro disso, se encaixa esse curso que nós estamos preparando, o Jovem Aprendiz de Instrumentista Montador, porque, hoje, a indústria passa por uma mudança digital, a Indústria 4.0, e a gente tem que estar preparado. Por isso a escolha deste curso, pois, sem instrumentação, não daremos esse importante passo para avançar nos processos de digitalização da nossa empresa".

Segundo Pacheco, a profissão de instrumentador é necessária e cresce a cada dia, sendo muito valorizada pelo mercado, com remuneração inicial de mais de três mil reais por mês. Ainda de acordo com o superintendente, neste projeto, serão investidos mais de 20 mil reais na formação de cada aluno. "Nós estamos investindo para preparar de fato nosso possível futuro funcionário e colaborador para construir uma Usina Santa Rita cada vez mais sustentável e eficiente", finalizou.

A coordenadora de desenvolvimento humano e organizacional, Wanessa F. Cabral Gonçalves, trouxe as informações para os interessados no curso de Instrumentista Montador desenvolvido pelo Senai em parceria com a Usina Santa Rita e a Prefeitura de Santa Rita do Passa Quatro. Ela comentou que o período de inscrições abriu na última quarta-feira (20) e se estende até o dia 12/11 para a entrega de currículos presenciais e até o dia 14/11 para o envio de currículos eletrônicos. A idade mínima para a realização do curso é de 18 anos e todas as informações necessárias estão nesta edição.

Comunicar erro
O Santaritense Digital

© 2021 Copyright © 2021 - O Santarritense - Todos os direitos reservados
Rua José Bonifácio, 117, Centro, Santa Rita do Passa Quatro (SP)

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

O Santaritense Digital